Itaquaquecetuba tem a segunda pior taxa de escolaridade do Estado de São Paulo, segundo dados do Índice Paulista de Responsabilidade Social (IPRS), divulgado pela Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo e a Fundação Seade. O município atingiu pontuação 40 em uma escala de 100 no indicador de escolaridade. A cidade está em 644º lugar no ranking estadual e só perde para Potim, ocupando o 645º lugar, que atingiu 39 pontos.
Itaquá também tem a pior escolaridade se considerada apenas os municípios da Região Metropolitana de São Paulo e do Alto Tietê. No geral, seis cidades da região alcançaram ou ultrapassaram o índice do Estado, que é de 68 pontos. (veja quadro)
Segundo o estudo, estima-se que apenas 56,4% dos jovens de 15 a 17 anos concluíram o ensino fundamental em 2008. Entre os jovens de 18 a 19 anos que concluíram o ensino médio, o porcentual cai para 38,9%. A taxa de acesso de crianças de 5 a 6 anos à pré-escola é de 52,9 em uma escala de 100. No município, 90% dos jovens de 15 a 17 anos possuem pelo menos quatro anos de estudo. Mesmo com um índice baixo, o município tem apresentado crescimento na pontuação nos últimos anos. Em 2000, a taxa de escolaridade era de 26. Já em 2002 subiu para 28, chegou a 32, em 2004, 39 pontos em 2006 e agora 40 pontos em 2008.
Na região, Biritiba Mirim obteve o segundo pior desempenho. O índice alcançado no quesito escolaridade é de 55 em uma escala de 100. Cerca de 69% dos jovens de 15 a 17 anos concluíram o ensino fundamental e apenas 40% dos jovens de 18 a 19 anos terminaram o ensino médio.
Poá ocupa o primeiro lugar no ranking regional de melhor índice de escolaridade, com 76 pontos. A cidade também é a primeira da região a aparecer no ranking estadual, no 111º lugar. Mogi tem a terceira melhor taxa de escolaridade da região. A cidade recebeu pontuação 71 e possui 99,9% dos jovens de 15 a 17 anos com pelo menos quatro anos de estudo. A taxa de acesso à pré-escola, para crianças de 5 a 6 anos, é de 86,6.

Publicado por: Diário do Alto Tietê
Em: 26/02/2011
Por: Jamile Santana