Jovem jornalista lança seu primeiro livro no Centro Cultural Taiguara, em Poá

Eduardo Lyra precisou superar a pobreza e a desconfiança para realizar um sonho de seu pai: ser jornalista. Hoje, aos 23 anos, é considerado um repórter revelação e lançará no próximo mês o seu primeiro livro

O jornalista Eduardo Lyra, de 23 anos, lançará seu primeiro livro “Dialogando com Lideranças” no próximo dia 9 de abril, às 21 horas, no Centro Cultural Taiguara, em Poá. A obra que nasceu graças ao trabalho de conclusão de curso na Universidade Mogi das Cruzes (UMC) conta com 246 páginas de entrevistas com 23 personalidades brasileiras, como o ex-presidente e senador Fernando Collor de Melo, a ex-senadora Marina Silva e o escritor Fernando Morais.

Para chegar até os personagens de seu livro, Lyra recorreu a uma de suas características mais marcantes: a persistência. O jovem luta contra o preconceito e desigualdade social desde pequeno. Nascido em Guarulhos, morou até os sete anos na favela da Cumbica. Filho único do vendedor Márcio Luiz, de 46 anos, e da dona de casa Maria Gorete Brito Lyra, 39, escolheu a profissão para realizar um sonho do pai, que sempre desejou ser jornalista. Porém, no primeiro dia de aula foi aconselhado por um professor a mudar de profissão porque, segundo ele, seu texto era “muito ruim”. Hoje, eleito repórter revelação de 2010 pelo Instituto Itaú Cultural, já está produzindo o seu segundo livro (Jovens Falcões) e conta com o projeto para a terceira obra (Fenômenos).

Leia na íntegra em: Diário do Alto Tietê
Data: 13/03/2011