A professora da rede estadual, Vera Lúcia Prandato Marques, ficou indignada ao receber o material escolar do seu neto, de 5 anos, matriculado na escola municipal Monteiro Lobato, na Ponte Grande. Semana passada, os alunos da unidade receberam apenas uma camiseta como uniforme, além de itens como lápis e borracha.

“Eu estou indignada com a situação. A Prefeitura de Mogi divulga que vai dar o material das crianças, e quando vamos receber passamos por essa vergonha. O que eu conheço por uniforme, além da camiseta, são as calças e o agasalho, e isso não tem. Como pode uma criança, que brinca o tempo todo, receber só uma roupa”, disse a professora, enumerando os demais itens distribuídos: lápis de cor, um giz de cera, uma tesoura e uma borracha.

Vera Lúcia ficou desapontada. “A escola não tem culpa nenhuma, e sim a Administração, que conduziu a situação de maneira errada. Se não pode cumprir, não promete”, desabafou Vera.A secretária municipal de Educação, Maria Geny Borges Ávila Horle, afirmou que o material foi distribuído em todas as escolas e houve um erro na comunicação, que estaria provocando o protesto. “O que ocorreu foi uma falha. Os uniformes foram distribuídos corretamente”, disse, explicando que a entrega foi feita em duas partes. “A primeira camiseta foi entregue em novembro, e a segunda só agora em março”, destacou. A professora Vera, no entanto, afirma ter recebido apenas uma camiseta.

A secretária afirmou que a Prefeitura fez um esforço para repassar essas camisetas aos alunos. “Nós nunca nos comprometemos em distribuir o uniforme completo. O nosso compromisso é só com a camisa. Para fazer esse investimento, foi preciso retirar verba de outras áreas”, afirmou.

Um total de 55 mil camisetas foi distribuído em toda rede municipal da Cidade. Cada uma, custa em média R$ 6.

Maria Geny destacou que a única situação que está em atraso para os alunos é em relação aos cadernos, que também serão distribuídos. “Ainda não existe um prazo definido, pois, está sendo feito um trabalho personalizado em cima deles”, concluiu a secretária.

Publicado por: O Diário de Mogi
Em: 23/03/2011