A Polícia Civil de Arujá realiza investigação com o objetivo de identificar as três pessoas que teriam participado de um roubo a celular, que terminou com um adolescente baleado na noite de quarta-feira. O crime aconteceu em frente à Escola Estadual Dr. Rene de Oliveira Barbosa – localizada na Rua Melvin Jones, região central da cidade.

De acordo com o delegado titular de Arujá, Sandro Rodrigues de Souza, os trabalhos preliminares já foram iniciados. “Nosso foco agora é saber quem praticou o crime, quem atirou contra o jovem e quais os motivos”, explica Souza.

Logo depois do disparo acontecer, famílias dos estudantes chegaram a afirmar que o local é alvo frequente dos bandidos, que teriam o costume de abordar os alunos da unidade escolar. Com armas – supostamente – de brinquedo, eles levam principalmente os celulares das vítimas.Mas segundo o delegado, ainda é cedo para afirmar se os três são os responsáveis por qualquer outro tipo de crime ocorrido naquela região. “Não podemos saber, no momento, se a prática é frequente ou se esse foi um caso isolado”, lembra. O caso foi registrado na Delegacia Central de Arujá, como roubo.

Crime
Segundo testemunhas, no momento em que saía da escola, o estudante A.A.W., de 14 anos, foi abordado por três jovens, aparentemente todos menores de idade. Os indivíduos pediram que a vítima entregasse o celular, o que foi feito. Em seguida – sem nenhum motivo aparente – um dos bandidos atirou no adolescente, atingindo sua perna. Logo depois, os três teriam fugido em um VW/Voyage preto, cujas placas não foram anotadas. O jovem foi socorrido e não corre risco de morte.

Publicado por: Diário de Suzano
Em: 25/03/2011