O comandante do 17° Batalhão da Polícia Militar (BPM), tenente-coronel Paulo Roberto Madureira Sales, foi afastado do cargo na tarde de ontem. A decisão partiu do Comando Geral da PM e da Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP). A nomeação de um novo comandante para o batalhão que responde por Mogi das Cruzes, Biritiba Mirim, Guararema e Salesópolis deve sair ainda hoje. Um dos prováveis substitutos cogitados é o major José Francisco Braga, que trabalha no 35° BPM em Itaquaquecetuba e deve ser promovido a tenente-coronel. Além de Sales, o capitão Eduardo Rangel, que respondia pela Força Tática do 17°, também foi afastado.

Um dos motivos que desencadeou essa determinação foi o caso do sumiço do estudante Alan Patrick Soares, de 17 anos. O adolescente, que é acusado de cometer um roubo de uma moto em Mogi está desaparecido desde 11 de março e existem indícios que levam a crer que quatro policiais da Força Tática de Mogi tenham executado e escondido o corpo. “Além desse caso, existem várias outras não conformidades que ocorreram no 17º e isso fez com que a PM e a SSP decidissem pelo afastamento”, informou o comandante do Comando de Policiamento de Área Metropolitano (CPA/M-12), coronel Antônio Carlos Imperatriz. Ele não entrou em detalhes sobre as “não conformidades”.

Sales estava afastado do batalhão há cerca de uma semana, quando foi obrigado sair de licença prêmio. “Esse primeiro afastamento ocorreu para que pudéssemos ter isenção na investigação desse crime ocorrido em Suzano, mas a SSP adotou há algum tempo a estratégia de afastar os comandantes em casos como esse”, explicou o oficial.

Segundo Imperatriz, deve ser revelado hoje o nome do novo comandante. “Essa é uma decisão que parte do comando, mas com certeza vai ser alguém que conhece a região e que não esteja para se aposentar. Essa foi uma solicitação feita pelo prefeito (Marco Aurélio Bertaiolli, DEM) no momento em que eu lhe comuniquei essa decisão”, comentou.

Segundo o DAT apurou, entre quatro nomes cogitados, o mais provável é que o major Braga, de Itaquá seja escolhido.