Professores da rede municipal de ensino participam de capacitação do Sebrae

Professores da rede municipal de ensino participam de uma capacitação para levar aos alunos matriculados no fundamental, do 1º ao 5º ano, noções básicas sobre empreendedorismo. Esta iniciativa pretende formar os educadores para que eles possam aplicar este conhecimento aos alunos, atendendo a legislação municipal nº 6.271/2009, que estabelece a inclusão sobre cultura empreendedora nas salas de aula do município.

A capacitação acontece no Centro Municipal de Formação Pedagógica Professor Boris Grinberg (Cemforpe). No total, coordenadores pedagógicos e diretores de escola fazem o curso que terá um total de 28 horas, dado por técnicos do Sebrae. O objetivo é de que os professores estimulem os estudantes a desenvolver visão de empreendedor que possam utilizar na busca de um espaço no mercado de trabalho e também gerenciar o negócio no futuro.

Ontem, a primeira turma de 90 professores começou a receber as orientações. Eles deverão seguir até a próxima segunda-feira, dia 4, quando se inicia mais um grupo. A meta é de que até maio todos os profissionais estejam aptos a aplicar o empreendedorismo a partir do segundo semestre.

De acordo com Catia Moyano de Almeida, responsável pela divisão de formação continuada da Secretaria Municipal de Educação, a capacitação é feita através do curso Jovens Empreendedores Primeiros Passos (JEPP) do Sebrae. No total, 500 educadores receberão qualificação para que possam estar habilitados a trabalhar as dinâmicas e teorias na sala de aula. “O empreendedorismo não será tratado como uma disciplina, mas como conteúdo que poderá ser explorado em todas as outras existentes”, destaca.

A consultora e gestora do programa “Cultura Empreendedorismo para Educação” do Sebrae, Rejane Leatrice de Marco, explica que o conteúdo aplicado aos professores refere-se aos profissionais que atuam do primeiro ao quinto ano do ensino fundamental. “Toda a dinâmica é aplicada de forma comportamental, exercitando nos alunos a capacidade de serem empreendedores, noções de organização e planejamento. Não é uma tarefa difícil falar sobre este assunto com as crianças”.

Publicado por: Mogi News
Em: 29/03/2011
Por: Marcelo Pascotto