Os jovens de baixa renda que tenham concluído o Ensino Médio ou Educação de Jovens e Adultos (EJA) pela rede pública, ou então que tenham estudado pela rede particular, mas com bolsa integral, podem se cadastrar para conseguir desconto ou isenção na taxa de inscrição para o vestibular da Faculdade de Tecnologia (Fatec) de Mogi das Cruzes e Itaquaquecetuba. O prazo se estende até as 15 horas do próximo dia 15.

O primeiro passo é preencher um formulário, disponível no site http://www.vestibularfatec.com.br. É necessário guardar o número do protocolo e colocá-lo no envelope a ser entregue junto aos documentos necessários na secretaria da Fatec. Esta entrega também deve ocorrer até o dia 15. É possível se candidatar tanto para a redução quanto para a isenção na taxa, mas neste caso, serão necessários dois cadastros.

Procedimento
No momento da entrega do envelope, o candidato precisa preencher, assinar e entregar o requerimento de solicitação de isenção/redução da taxa, que será fornecido pela secretaria da Fatec. Este documento também estará disponível no site do vestibular da Fatec, na seção “isenção/redução”. A resposta à solicitação será divulgada no dia 2 de maio somente pela internet.

Quem conseguir o desconto ou isenção na tarifa não pode se esquecer de, logo na sequencia, efetuar a inscrição efetiva na prova do vestibular, que estará aberta a partir de 2 de maio. As inscrições permanecerão abertas até 8 de junho e a prova do vestibular será realizada no dia 3 de julho.

A diretora administrativa da Fatec Mogi, Dulcelina Campos Neves, observa que a Fatec já é uma grande oportunidade para as pessoas de baixa renda cursarem o ensino superior sem qualquer custo, mas conta que ainda era frequente as pessoas desistirem de ingressar na instituição por não terem os R$ 70,00 cobrados no ato da inscrição para a prova. Por isso, em todos os semestres esta iniciativa é realizada.

“É uma oportunidade realmente para aqueles que estão interessados em estudar, querem aprender, mas têm dificuldades financeiras ou estão desempregados. Para essas pessoas com baixo poder aquisitivo, cuja renda é inferior a um salário mínimo, há 6 mil vagas em todas as Fatecs do Estado de São Paulo, e não existe um limite de isenção”, diz, lembrando que a Fatec garante 90% de empregabilidade aos alunos, antes mesmo de eles concluírem o curso.

Publicado por: Diário de Suzano
Em: 08/04/2011