Quem ainda não tomou a vacina contra gripe deve procurar um posto de saúde ou uma unidade do Programa Saúde da Família (PSF) até o próximo dia 13 maio. Neste ano, a Campanha Nacional de Vacinação Contra a Influenza ampliou o seu público-alvo e está colocando à disposição a dose para, além dos idosos e do povo indígena, gestantes, crianças de 6 a 23 meses de idade, trabalhadores da área de saúde e portadores de doenças crônicas. A dose aplicada protege contra a gripe comum, a gripe B e a H1N1.

Entre os dias 25 e 30 de abril, quando foi realizado o “Dia D” da campanha, Mogi das Cruzes vacinou 18.101 pessoas contra a gripe, sendo 2.952 crianças, 1.127 gestantes, 406 trabalhadores da saúde, 13.457 idosos, três indígenas e 156 portadores de doenças crônicas. “Os números estão dentro das expectativas, mas podemos melhorar com o envolvimento de toda a comunidade. A vacina contra gripe deve ser tomada antes da chegada do inverno, que é quanto aumentam os casos da doença”, afirmou a médica da Vigilância Epidemiológica de Mogi, Tereza Nihei.

A vacina, segundo a Secretaria Municipal de Saúde, não causa gripe, já que em sua composição existem apenas partículas de vírus mortos. Uma pequena parcela de vacinados, no entanto, pode apresentar dores musculares e mal-estar até dois dias após a aplicação, o que não cancela a imunização.

Publicado por: Mogi News
Em: 04/05/2011