As obras dos dois miniginásios que serão palco da 75ª edição dos Jogos Abertos do Interior (Jais) Horácio Barioni seguem em andamento desde agosto de 2010 nos bairros de Jundiapeba e Botujuru e devem ficar prontos até setembro. Ambos serão acoplados às escolas de período integral e poderão ser utilizados pela comunidade local após os jogos, que ocorrem entre os dias 7 e 19 de novembro.

Os dois miniginásios terão espaço para 800 pessoas cada um, bem menor se comparado ao Ginásio Municipal Prof. Hugo Ramos, com capacidade para 5 mil expectadores. A grande vantagem são suas medidas (20m x 40m), que atenderão às exigências oficiais do Comitê dos Jais.

O espaço em Judiapeba fará parte da Escola Estadual Dr. Álvaro de Campos Carneiro e está sendo construído pela empresa Marsil, com investimento de R$ 1,5 milhão. Já o do Botujuru será acoplado ao Centro Municipal de Projetos Educacionais (Cempre) e terá anfiteatro ao lado. As obras são da construtora Demax e contam com investimento de R$ 5 milhões. Os espaços dos ginásios serão cobertos e irão contar com vestiários e área para deficientes físicos.

Nos Jogos Abertos, os ginásios irão sediar as competições de futsal e handebol. O craque do futsal Falcão, será um dos primeiros a pisar nos espaços recém-construídos, defendendo a equipe do Santos. Além dele, na ocasião, outras celebridades do esporte nacional estarão em Mogi disputando, como, Paula Pequeno, do Vôlei Futuro, Helinho e Rogério, que defendem o basquete da cidade de Franca, o judoca Carlos Honorato, dentre outras.

Comunidade
Segundo informou a Assessoria de Imprensa da Secretaria Municipal e Esportes e Lazer (Smel), durante a semana, os ginásios serão utilizados para a prática esportiva e recreação dos alunos das escolas de tempo integral e nos fins de semana, poderão ser utilizados pela comunidade local.

“Esse ginásio vai valorizar muito o bairro, além de ser um espaço para crianças e jovens praticarem esporte”, disse John Lennon Feitosa, morador de Jundiapeba.

“O único espaço que tínhamos aqui no bairro foi fechado, que era a Escola Estadual José Ribeiro Guimarães. O bairro é muito carente de espaços destinados à prática esportiva”, afirmou Jhony Rebert, morador do Botujuru.

Publicado por: Mogi News
Em: 05/05/2011
Por: Rodrigo Barone