A Defensoria Pública de Mogi das Cruzes realizará no próximo dia 27, às 18 horas, uma pré-conferência com a sociedade civil para discutir diversos temas. A reunião vai ocorrer na sede da entidade, na rua Francisco Martins, 30, no Socorro. Os resultados do encontro serão levados para a conferência estadual, que deve ocorrer em agosto.

Esse debate faz parte do terceiro ciclo realizado pela Defensoria Pública de cada região. “Essa pré-conferência vai servir para unir a sociedade civil. As discussões serão feitas por eixos temáticos. As propostas que surgirem na reunião serão levadas para a conferência estadual, que vai ocorrer entre os dias 12 e 13 de agosto na Câmara de Vereadores de São Paulo”, informou Francisco Romano, defensor público e sub-ouvidor da unidade de Mogi das Cruzes.

Romano acredita que, dos temas discutidos, as questões que envolvem crianças e adolescentes serão as mais abordadas. “Tratamos esses casos com mais prioridade. A questão carcerária também será debatida, já que os dois temas estão em evidência”, explicou.

Os eixos que serão abordados são bastante abrangentes. “As propostas vão rodar em nove eixos: situação carcerária; infância e juventude; promoção e defesa da mulher; cidadania e direitos humanos e meio ambiente; habitação, urbanização e recursos agrícolas; defesa dos idoso e pessoas com deficiência; defensorias públicas; políticas institucionais; e direitos do consumidor”.

Atualmente, trabalham seis defensores em Mogi e cinco na unidade de Itaquá. “Atendemos em média 800 pessoas por mês. Os casos mais comuns são relacionados à área familiar, como pensão alimentícia, guarda e adoção”, informou o defensor. Ele disse que o número de defensores precisa ser maior. “O ideal seria que houvesse dois defensores em cada fórum. Estamos aguardando o governador enviar um projeto para a Câmara dos Deputados para aumentar este número em todo o Estado”.

A expectativa é de que pelo menos 120 pessoas compareçam à pré-conferência. “Qualquer pessoa pode participar e é possível, ainda, se inscrever para participar como delegados, que defenderão as propostas na conferência estadual”, acrescentou.

Publicado por: Mogi News
Em: 11/05/2011
Por: Luana Nogueira