Na quarta decisão consecutiva do Campeonato Brasileiro, a judoca Aine Schmidt (Palmeiras/Smel) garantiu o terceiro título, agora na categoria meio-pesado sub-17 (juvenil). Na final disputada na manhã do último Domingo, ele teve que batalhar muito para superar Isadora Pereira (DF). Depois de 11 minutos de uma verdadeira batalha, a mogiana ficou com a medalha de ouro no gold score (duas faltas da rival). No tempo normal, a luta fechou no empate com dois yukôs para cada lado. Aine agora vai batalhar para garantir a vaga na Seleção Brasileira que disputará os campeonatos Mundial e Pan-Americano, em seletivas programadas para o próximo mês, no Rio de Janeiro.

Velhas conhecidas, Aine e a judoca do Distrito Federal devem se encontrar na seletiva do no Rio de Janeiro. “Já nos enfrentamos várias vezes. Por isso fazemos lutas tão equilibradas. Espero que eu continue a levar vantagem”, afirmou Aine.

Na campanha do Brasileiro, disputada no ginásio do Sport, no Recife, Aine teve que passar por três adversárias para chegar na decisão e na medalha de ouro. E em todas a mogiana venceu por ippon – o “nocaute” do judô.

Na semifinal, aine passou por Camila Zeferino (RS), com yukô e ippon. O segundo combate levou 15 segundos. Tempo suficiente para bater a carioca Thaina Paiva – sendo que as duas judocas ficaram com medalhas de bronze. E na estreia a mogiana superou a maranhense Ana Jardim.

“Estamos felizes com mais esta conquista. A Aine agora tem tudo para ir para o Mundial, tem currículo e eu acreditava muito nela no Brasileiro e acredito mais nela na seletiva. Ela está numa crecente”, analisou o técnico Paulino Namie. “Tomara que não pare de evoluir”, completou.

Além de Aine, a meio leve Raquel Laurindo (Palmeiras/Smel) fechou o Campeonato Brasileiro na quinta colocação. Na sua campanha, a mogiana ganhou um combate e perdeu três, o último na disputa da medalha de bronze. “A Raquel foi muito bem. Fez lutas equilibradas e perdeu nos detalhes”, analisou Namie.

Os resultados obtidos pelas duas representantes do Alto Tietê no Brasileiro ajudaram a seleção Paulista a faturar a disputa por equipes. No feminino, com cinco medalhas de ouro e três quinto lugares. E no masculino, com quatro de ouro, duas de bronze e um quinto lugar.

Publicado por: O Diário de Mogi
Em: 17/05/2011
Por: Gerson Lourenço