Tag Archive: SESI


A construção de uma unidade do Serviço Social da Indústria (Sesi), no Jardim Juliana, em Ferraz de Vasconcelos, se encontra em fase final. Em pouco mais de um mês, segundo a instituição, a escola será entregue e deverá atender aproximadamente dois mil alunos. Foi o que disse o secretário de Governo da prefeitura, Miguel Calderaro, ao acrescentar que ainda faltam alguns detalhes para a inauguração e que o local estará pronto para iniciar as aulas no segundo semestre.

“Até o dia 14 de julho as obras deverão ser concluídas. Faltam procedimentos finais para a entrega, como a limpeza do local, por exemplo”, afirmou. A obra gerou um investimento de R$ 12 milhões, no qual foi feito um convênio entre a prefeitura municipal e a Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp). O espaço vai oferecer aulas ao ensino fundamental e cursos profissionalizantes.

“Uma obra de grande valor que proporcionará a mudança de vida e dará garantias de um futuro melhor a milhares de jovens. Sou eternamente grato ao Paulo Skaf (presidente da Fiesp), por ter negociado e por olhar de forma especial para Ferraz”, afirmou o prefeito Jorge Abissamra em nota enviada pela Assessoria de Imprensa da prefeitura.

Publicado por: Diário do Alto Tietê
Em: 18/05/2011
Por: Ariane Noronha

As disputas do cabo de guerra vão fechar a jornada esportiva programada pelo Serviço Social da Indústria (Sesi) no Centro de Atividades (CAT) Nadir Dias de Figueiredo, no Distrito de Braz Cubas, neste final de semana. A competição faz parte da 64ª edição dos Jogos Industriários (Jois), cuja solenidade de abertura será realizada, a partir das 9 horas deste domingo, com o desfile das delegações das empresas participantes. Na programação, ainda a abertura do Torneio Relâmpago Futsal e Voleibol Esporte Escolar, a partir das 10h45.

Além da presença de autoridades de Mogi e Região, a solenidade de abertura ainda terá o acendimento da pira pelo ex-jogador de vôlei Montanaro, a participação de Simone Miyuki Ashiuchi – da empresa Kimberly Clark, que fará o juramento do atleta, e o pronunciamento do responsável estadual pela área de Esportes e Lazer do Sesi.

As disputas do cabo de guerra serão neste domingo, mas estão programados outros confrontos neste sábado, a partir das 8 horas. No Sesi mogiano, a rodada prevê confrontos de futebol de campo (seis jogos), vôlei de areia masculino e feminino (6 partidas) e outros três confrontos de tênis de campo – simples e duplas.

No ano passado, a GM faturou o título do cabo de guerra masculino, seguida por Valtra, Elgin, Petrom e Prada. Já no feminino a vitória foi da Nachi A, com a Elgin em segundo e a Valtra B,em terceiro. A Pradaacabou em quarto, seguida pelas equipes B e C da Mabesa.

Sistema
Mais uma vez, 31 empresas vão tentar tirar a hegemonia da ADC Valtra, campeã do ano passado, com um total de 485 pontos. Maior vencedora do evento organizado pelo Sesi – com 11 títulos consecutivos (1997 a2008), a empresa se recuperou da derrota na temporada 2009 e em 2010 desbancou a então campeã Mabesa, que acabou na segunda colocação, com 380 pontos.

A edição mogiana dos Jois deste ano tem um menor número de empresas em relação ao ano passado, quando 37 se inscreveram para as disputas. Por outro lado, o número de modalidades passou de 20 para 28. Entre as novidades para este ano, modalidades como dança de salão, paintball e futebol de sete, no campo gramado soçaite do Sesi.

A disputa segue nos mesmos moldes dos últimos 63 anos. A previsão é de que os Jois terminem no dia 20 de agosto. A festa da premiação está programada para o dia 31 de agosto.

O evento tem a seqüência de participação em âmbito estadual no basquete, futebol de campo, futsal sênior, máster e feminino, voleibol e vôlei de areia, e interestadual no tênis de mesa, xadrez, atletismo e natação.

Os campeões de cada região garantem vaga nos Jogos do Sesi Região Sudeste. Os melhores classificados entre as cinco Regiões do Brasil (sul, sudeste, centro-oeste, norte, nordeste) são convidados para os Jogos Nacionais do Sesi.

Publicado por: O Diário de Mogi
Em: 13/05/2011
Por: Gerson Lourenço

Com previsão de investimentos da ordem de R$ 42 milhões, a implantação das novas escolas do Serviço Social da Indústria (Sesi) de Itaquaquecetuba e Poá ainda dependem da doação dos terrenos por parte das respectivas prefeituras. Esse processo já teve início e a expectativa é que as obras comecem ainda em 2011.

De todas as nove unidades do Sesi que serão construídas no Alto Tietê, a que terá o maior investimento será a de Itaquá: R$ 27 milhões. A escola vai ser construída em uma área de 46 mil metros quadrados no Centro de Atividades, que atenderá também as áreas de esporte e lazer. O projeto prevê mil novos alunos para o Ensino Fundamental em horário integral e outros 400 para o Ensino de Jovens e Adultos.

Já em Poá, a obra vai custar R$ 15 milhões e será feita em um terreno com 31 metros quadrados. O novo prédio vai atender estudantes que já frequentam a unidade municipal, que funciona em um espaço cedido pela prefeitura. Ao todo, serão 500 alunos do ensino fundamental e mais 250 do EJA.

Publicado por: Diário do Alto Tietê
Em: 09/04/2011
Por: Willian Almeida

A unidade do Serviço Social da Indústria (Sesi) de Ferraz de Vasconcelos será entregue em junho. A confirmação foi feita na manhã de ontem pelo diretor regional da Federação e Centro das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp-Ciesp), Milton Sobrosa, durante evento em que anunciou um suporte de R$ 109 milhões em investimentos para nove novas unidades do Sesi no Alto Tietê.

O de Ferraz foi construído no Jardim Yara e atenderá 1,4 mil alunos. Mil deles correspondem à demanda atual nos ensinos médio e fundamental. O restante é de alunos do Ensino de Jovens e Adultos (EJA). A obra teve início no ano passado e a expectativa inicial era de entrega no final de 2010.

O investimento na obra é de R$ 18 milhões. A área possui 15 mil metros quadrados. O Sesi de Ferraz será o primeiro da região a contar com o novo modelo de educação em período integral. Além disso, será também a primeira unidade a ter o novo projeto arquitetônico do sistema. “Nós vamos dobrar o número de salas na região com o novo modelo de ensino. Cada uma delas tem um prazo definido e a mais avançada é a de Ferraz, cuja entrega acontecerá em junho”, afirmou Sobrosa.

Ainda de acordo com Sobrosa, Ferraz foi a cidade mais beneficiada com o novo sistema de ensino. “Ferraz foi beneficiada porque ela foi anterior. Não pegou a metodologia de adequação de todas as escolas de período integral. Mas sim a adequação de unidades que estão em situação desprivilegiadas. Por conta disso, se lançou de alguns benefícios, como o dobro de salas. Isso não seria possível agora porque o plano é para atender a demanda já existente. Hoje, se a escola tem 500 alunos, vamos construir uma unidade nova para 500 alunos”, completou.

De todas as unidades que vão ser construídas na região, a de Ferraz de Vasconcelos é a única que terá novas salas e consequentemente novos alunos.

Atrasos
A obra será entregue com pelo menos seis meses de atraso em relação ao prazo inicial. Problemas no solo e na qualidade do material utilizado em parte da obra motivaram parte do atraso. Durante a obra foi necessária a substituição de parte do solo e parte do muro de arrimo que não atendia o padrão de qualidade exigido pelo Sesi.

Publicado por: Diário do Alto Tietê
Em: 09/04/2011
Por: Willian Almeida

O Serviço Social da Indústria (Sesi) vai investir R$ 25 milhões na ampliação do CAT (Centro de Atividades). Para isso, vai unificar três unidades de ensino da instituição existentes em Suzano. O local que hoje tem 70 mil m² abrigará os três Centro Educacionais (CE) do Jardim Monte Cristo, Jardim Miriam e Jardim Colorado. Atualmente essas escolas funcionam em prédios da Prefeitura. Mas, com a unificação novos prédios serão construídos.

O anúncio do investimento foi feito, ontem, na Diretoria Regional do Alto Tietê do Ciesp (Centro das Indústrias do Estado de São Paulo), pelo atual diretor da instituição Milton Sobrosa.

Com as obras serão beneficiados 2,6 mil alunos de ensino médio, fundamental e EJA (Educação para Jovens e Adultos). Objetivo do Sesi é ampliar a estrutura do CAT, que é um complexo que reúne espaços para lazer e esportes e concentrar os três CEs em um único local através de uma centralização no serviço de educação da instituição. O argumento dos membros da direção regional do Ciesp é que isso vai facilitar o acesso dos estudantes, já que eles poderão permanecer no local em período integral.

Sobrosa explica que não serão necessárias muitas intervenções e que as obras das três novas unidades serão feitas dentro do CAT. O centro tem apenas 48 mil m² dos mais de 70 mil m² ocupados. “Suzano tem área suficiente para absorver, com as obras, as três escolas fora do local”, afirma.

Junção
A ideia é unificar as unidades escolares e utilizar os espaços já disponíveis, para agilizar o processo de construção e economizar recursos. “A ideia é sempre que possível trazer as escolas para dentro do Centro de Atividades, pois lá existe há toda uma estrutura e isso evita construções adicionais”, explica.

Com a construção das novas unidades os 1,5 mil alunos que estudam em escolas fora do CAT e 600 alunos de EJA irão se juntar aos 500 já existentes no local.

O diretor do Sesi de Suzano, Roberto Xavier, destacou a autonomia de ensino da instituição e a possibilidade de ampliação no ensino articulado. “O Sistema Sesi de Ensino possibilita total autonomia aos professores e rende bons resultados”, disse. “Hoje temos, em Suzano, 256 alunos no ensino articulado (médio e técnico) e o número poderá crescer”, acrescenta.

Os projetos de Suzano ainda estão em fase inicial e a diretoria está elaborando a licitação para a obra. “A informação que eu tenho é que em um ou dois meses a licitação esteja finalizada e a partir de licitada em até um ano a obra fica pronta”, informa o diretor Regional do Alto Tietê do Ciesp.

Publicado por: Diário de Suzano
Em: 09/04/2011

%d blogueiros gostam disto: