Atualmente atendendo a 138 crianças em idade escolar, o Projeto Fênix de Atletismo tem bons motivos pra continuar enfrentando os obstáculos que se apresentam: o atleta Antonio Carlos Maciel, que foi descoberto pela presidente da iniciativa, Luciene Rocha Gomes, quando esta ainda era coordenadora da escola onde ele estudava, ostenta o segundo lugar no ranking nacional de lançamento de dardos. Atualmente ele reside no Centro de Excelência de São Paulo, o mesmo da atleta Maurren Maggi, que inclusive é madrinha do Fênix Atletismo.

O projeto teve início há seis anos quando a escola, onde Luciene era funcionária, precisou ser fechada e os mantenedores recorreram a ela para dar suporte aos alunos carentes. A coordenadora resolveu transformar o programa de treinamento esportivo, já existente há dois anos, em algo maior que pudesse manter um atendimento regular.

Hoje, ela afirma que o Fênix Atletismo educa por meio do esporte. Além dos treinos no espaço esportivo da Universidade de Mogi das Cruzes (UMC), três vezes por semana, o projeto também inclui transporte até a universidade, aulas de reforço, atendimento psicológico e odontológico e refeições antes e depois dos treinos, bem como auxílio de acordo com as possibilidades aos familiares.

Este é o primeiro ano em que a equipe compete inscrita na Federação Paulista de Atletismo (FPA). Com o auxílio da Prefeitura de Mogi, esta inscrição possibilita a participação em grandes campeonatos, bem como proporciona maior visibilidade e permite que atletas cheguem às equipes profissionais.

Os próximos planos da presidente da entidade são realizar treinos diariamente e construir uma sede própria, capaz de oferecer espaço para a prática de esportes e alojamento para a equipe. Para os interessados em participar, os testes de aptidão são abertos a cada seis meses.

Publicado por: Mogi News
Em: 08/05/2011